quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Dermatite atópica, o que é?

Dermatite atópica é uma doença crônica que causa inflamação da pele, levando ao aparecimento de lesões e coceira. Cerca de 30% dos indivíduos com dermatite atópica têm asma ou rinite alérgica e 15% têm surtos de urticária. Há estudos que apontam 70% dos pacientes com antecedentes familiares de atopia (asma, rinite alérgica ou dermatite atópica).

Como se desenvolve ou se adquire?

As pessoas que possuem dermatite atópica tem um aumento da reatividade cutânea frente a inúmeros estímulos. Os mecanismos responsáveis por esta reatividade alterada não são completamente conhecidos. Sabe-se que fatores genéticos, imunológicos e não-imunológicos, contribuem para o aparecimento.

É comum a pessoa sentir muita coceira. As lesões mais freqüentes são: eritema (vermelhidão); edema (inchaço); exsudação (secreção na pele); crostas e descamação; pele ressecada e manchas brancas (pitiríase alba). São mais freqüentes na parte das dobras do corpo, como punho, dobras nas pernas, braços.
Até o momento, não existe nenhum tratamento para a cura. Ela pode ser tratadas por pomadas e anti-inflamatórios que amenizam as coceiras. Deve-se também deixar a casa sempre limpa arejada, não utilizar produtos de limpeza com aromas fortes. Não poderá digerir alimentos que contenham conservantes, como biscoito, miojo, sucos de caixinha, nem chocolate!!! Além da alimentação, o emocional também pode prejudicar a pele. Por exemplo, se uma pessoa com dermatite atópica ficar nervosa, irritada ou triste, poderá causar mais coceiras na pele.
O ponto fundamental no tratamento é a hidratação constante da pele, porém, não é aconselhável passar qualquer tipo de creme, há alguns cremes específicos, nada baratos.
Também não há métodos para a prevenção da dermatite atópica. Numa gravidez a mãe pode se cuidar se alimentando de verduras e legumes frescos e não digerindo de alimentos que possam esquentar o organismo, como  ginseng, chá, certos tipos de energéticos, etc. 


No caso das crianças, a dermatite atópica some conforme ela vai crescendo e criando anticorpos que possam combater essa doença.

3 comentários:

strikergames disse...

Meu nome é lucas felipe eu tenho 14 anos e eu tenho dermatite atopica, é uma doença horrivel, essa merda dessa doença acabou com a minha vida. Deixei de fazer muita coisa por causa dessa alergia. Hoje em dia com 14 anos já está bem melhor mais ainda é muito ruim ter isso. O preconceito das pessoas que nao conhecem é oque me deixa mais triste. Um olhar pode doer mais que um tapa, as pessoas sao crueis.

Cláudia Linhares disse...

Eu também tenho este mal. Hoje tenho 25 anos, mas tenho esta doença desde pequena. Confesso que sofri bastante, deixei de ir a lugares como piscina (tem que fazer a análise antes de entrar na água)e fui 'mal tratada' na escola. Atualmente a doença aparece raramente. Tenho uma vida normal.

MMComplicadas disse...

é muito triste!!! mas ainda há preconceitos com vários tipos de coisas.... minha filha tem tbem, então eu tento sempre passar um hidratante nela. Pior fica quando resseca a região dos lábios. Mas aqui no Brasil essa "doença" não é tão comum assim. Por isso eu mando comprar sabonetes e cremes do exterior. A marca é Cetaphil... muito bom!!!!

Postar um comentário